A Filosofia do Dr. Bach

Entenda como o Dr. Edward Bach pensava.

Para o Dr. Edward Bach (1836-1936) o importante era tratar a personalidade da pessoa e não a doença. A doença é o resultado do conflito da alma (Eu Superior – a parte mais perfeita do Ser) e da personalidade (Eu Inferior – o que nós somos, no nosso dia-a-dia). Ele dizia: “O sofrimento é mensageiro de uma lição, a alma envia a doença para nos corrigir e nos colocar no nosso caminho novamente. O mal nada mais é do que o bem fora do lugar”.


A origem das doenças é proveniente de sete defeitos do homem

1. Orgulho
2. Crueldade
3. Ódio
4. Egoísmo
5. Ignorância
6. Instabilidade Mental
7. Cobiça, Gula


São sete os caminhos do equilíbrio emocional

1. Paz
2. Esperança
3. Alegria
4. Fé
5. Certeza
6. Sabedoria
7. Amor

Seu conceito de saúde era: harmonia, integração, individualidade e integridade.

O importante é a alma e a personalidade estarem em perfeita sintonia através do equilíbrio emocional.

As essências Florais de Bach tratam a pessoa e não a doença: a causa e não o efeito.


Pensamentos do Dr. Edward Bach

“A doença é o resultado do conflito entre a alma e a mente, e ela jamais será erradicada exceto por meio de esforços mentais e espirituais.”

“Nossa saúde física depende do nosso modo de pensar, dos nossos sentimentos e emoções.”
“As doenças reais e básicas no homem são certos defeitos como o orgulho, a crueldade, o ódio, o egoísmo, a ignorância, a instabilidade e a ambição… tais defeitos é que constituem a verdadeira doença…, e a continuidade desses defeitos, se persistirmos neles,… é o que ocasiona no corpo os efeitos prejudiciais que conhecemos como enfermidades.”

“Os florais devem atuar sobre as causas e não sobre os efeitos, corrigindo o desequilíbrio emocional no campo energético.”

“Essencialmente a origem da doença física está na avidez e, da doença mental está no medo.”
Top