Garotas lindas, com roupas cada vez mais micros e transparentes…

arnaldo_jabor

Arnaldo Jabor

O que temos visto por ai???

Baladas recheadas de garotas lindas, com roupas cada vez mais micros e  transparentes. Com suas danças e poses em closes ginecológicos, cada vez mais  siliconadas, corpos esculpidos por cirurgias plasticas, como se fossem ao  supermercado e pedissem o corte como se quer… mas???

Chegam sozinhas e saem sozinhas. Empresários, advogados, engenheiros,  analistas, e outros mais que estudaram, estudaram, trabalharam, alcançaram  sucesso profissional e, sozinhos. Tem mulher contratando homem para dançar  com elas em bailes, os novíssimos “personal dancer”, incrível.

E não é só sexo não! Se fosse, era resolvido fácil, alguém dúvida? Sexo se encontra  nos classificados, nas esquinas, em qualquer lugar, mas apenas sexo!

Estamos é com carência de passear de mãos dadas, dar e receber carinho, sem necessariamente, ter que depois mostrar performances dignas de um atleta olímpico na cama… Sexo de academia.

Fazer um jantar pra quem você gosta e depois saber que vão “apenas” dormir abraçadinhos, sem se preocuparem com as posições cabalisticas.

Sabe essas coisas simples, que perdemos nessa marcha de uma evolução cega. Pode fazer tudo, desde que não interrompa a carreira, a produção. Tornamo-nos máquinas, e agora estamos desesperados por não saber como voltar a “sentir”, só isso, algo tão simples que a cada dia fica tão distante de nós.

Quem duvida do que estou dizendo, dá uma olhada nos sites de relacionamentos “ORKUT”, “PAR-PERFEITO” e tantos outros, veja o número de comunidades como: “Quero um amor pra vida toda!”, “Eu sou pra casar!” até a desesperançada “Nasci pra viver sozinho!”.

Unindo milhares, ou melhor, milhões de solitários, em meio a uma multidão de rostos cada vez mais estranhos, plásticos, quase etéreos e inacessíveis, se olharmos as fotos de antigamente, pode ter certeza de que não são as mesmas pessoas, mulheres lindas se plastificando, se mutilando em nome da tal “beleza”.

Vivemos cada vez mais tempo, retardamos o envelhecimento, e percebemos a cada dia mulheres e homens com cara de bonecas, sem rugas, sorriso preso e cada vez mais sozinhos.

Sei que estou parecendo o solteirão infeliz, mas pelo contrário… Pra chegar a escrever essas bobagens? (Mais que verdadeiras) é preciso ter a coragem de encarar os fantasmas de frente e aceitar essa verdade de cara limpa.

Todo mundo quer ter alguém ao seu lado, mas hoje em dia isso é julgado como feio, démodê, brega, familias preconceituosas.

Alô gente!!! Felicidade, amor, todas essas emoções fazem-nos parecer ridículos, abobalhados…

Mas e daí? Seja ridículo, mas seja feliz e não seja frustrado. “Pague mico”, saia gritando e falando o que sente, demonstre amor…

Você vai descobrir mais cedo ou mais tarde que o tempo pra ser feliz é curto, e cada instante que vai embora não volta mais…

Perceba aquela pessoa que passou hoje por você na rua, talvez nunca mais volte a vê-la, ou talvez a pessoa que nada tem haver com o que imaginou mas que pode ser a mulher da sua vida. E, quem sabe ali estivesse a oportunidade de um sorriso a dois… Quem disse que ser adulto é ser ranzinza?

Um ditado tibetano diz: “Se um problema é grande demais, não pense nele… E, se ele é pequeno demais, pra quê pensar nele?”

Dá pra ser um homem de negócios e tomar iogurte com o dedo, assistir desenho animado, rir de bobagens e ou ser um profissional de sucesso, que adora rir de si mesmo por ser estabanado.

O que realmente não dá é para continuarmos achando que viver é out ou in.

Que o vento não pode desmanchar o nosso cabelo, que temos que querer a nossa mulher 24 horas maquiada, e que ela tenha que ter o corpo das frutas tão em moda, na TV, e também na Playboy e nos banheiros. Eu duvido que nós homens queiramos uma mulher assim para viver ao nosso lado, para ser a mãe dos nossos filhos, gostamos sim de olhar e imaginar a gostosa, mas é só isso, as mulheres inteligentes entendem e compreendem isso.

Queira do seu lado a mulher inteligente: “Vamos ter bons e maus momentos e uma hora ou outra, um dos dois, ou quem sabe os dois, vão querer pular fora, mas se eu não pedir que fique comigo, tenho certeza de que vou me arrepender pelo resto da vida”.

Porque ter medo de dizer isso, porque ter medo de dizer: “Amo você”, “fica comigo”… Então não se importe com a opinião dos outros, seja feliz!

Antes ser idiota para as pessoas que infeliz para si mesmo!

Autor: Arnaldo Jabor

Data da publicação: 20/02/2013

HEALING Essências Florais traz ao Brasil Primeira Edição Nacional do Livro “Coletânea de Escritos de Edward Bach”

livro_coletanea HEALING Essências Florais traz ao Brasil Primeira Edição Nacional do Livro “Coletânea de  Escritos de Edward Bach”

 – Edição de Julian Barnard, grande pesquisador inglês e profundo conhecedor do legado do  Dr. Bach, reúne cartas, documentos, anotações, palestras e livros do médico inglês,  precursor da Terapia Floral

– Todo o resultado obtido com a venda deste livro será destinado ao Instituto Transformar  Cuidando, um instituto de responsabilidade social criado pela HEALING, que desenvolve  projetos na área da saúde integral

Chega ao mercado nacional, pela HEALING Essências Florais, em parceria com  a Fundação Inglesa The Twelve Healers, a versão em português da primeira obra que, de  fato, contempla os marcos importantes do trabalho do médico inglês Edward Bach, precursor  mundial da Terapia Floral: “Coletânea de Escritos de Dr. Edward Bach”. O título reúne todos os  livros de sua autoria, bem como artigos e palestras sobre Florais de Bach, além de cartas, anotações e causos casos detalhados em torno do tema.

A publicação, organizada em ordem cronológica inversa pelo editor Julian Barnard, grande pesquisador inglês e profundo conhecedor do legado de Bach, permite ao leitor acompanhar a evolução do pensamento desse médico, que, antes de se dedicar às suas pesquisas com plantas, foi um grande pesquisador, bacteriologista, imunologista e homeopata.

Com o lançamento da obra, editada pela primeira vez em 1987, na Inglaterra, e publicado em 2004 na Alemanha e na Espanha, a HEALING consolida seu posicionamento de grande divulgadora da obra e da filosofia do Dr. Edward Bach no Brasil.

“Considerando que a Terapia Floral é recomendada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) desde 1983, que cursos de pós-graduação foram criados em Universidades públicas e privadas e que conselhos profissionais, como os de odontologia, enfermagem e fisioterapia veem adotando esta prática complementar, nossa expectativa é de fornecer ao leitor, por meio desse lançamento, referências seguras para pesquisa e aprimoramento em torno dessa abordagem terapêutica”, destaca Luciana Chammas, diretora executiva da HEALING.

Entre o público-alvo da publicação estão profissionais da área de terapias integrativas e complementares ou da saúde convencional, terapeutas holísticos e todos aqueles que buscam conhecer uma ferramenta de autocuidado ou, simplesmente, procuram uma abordagem da saúde que considera o ser humano em sua totalidade.

Os interessados podem adquirir o livro por meio do site da Healing Essências Florais (www.healing.com.br), pelo valor de R$ 45,00.

Todo o resultado das vendas será destinado ao Instituto Transformar Cuidando, uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) criada pela Healing, em 2010, responsável por desenvolver projetos sociais na área da saúde integral.

Sobre Julian Barnard

O inglês Julian Barnard é reconhecido mundialmente como uma autoridade mundial em florais de Bach e autor de vários livros sobre o tema, incluindo ‘Remédios Florais de Bach – Forma e Função’, lançado no Reino Unido, em 2002, e no Brasil, em 2012. Mais recentemente, vem produzindo filmes sobre as plantas que são utilizadas na preparação das essências. Neste ano, ele virá ao Brasil, no segundo semestre, para participar de encontros com pesquisadores e profissionais de saúde.

Sobre a Healing Essências Florais

HEALING iniciou suas atividades, em 1º de setembro de 2006, como Importadora e Distribuidora Exclusiva de um dos melhores florais de Bach do mundo – os produzidos pela inglesa Healingherbs. Desde então, vem ampliando suas linhas de saúde e bem estar para oferecer produtos de qualidade superior ao mercado de terapias integrativas e complementares, sempre pautada na pesquisa e inovação. Atualmente, está em 15 Estados brasileiros (Acre, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina e São Paulo), atende mais de 10 mil clientes e trabalha em três frentes: comercial, educacional e social.

Serviço

Ficha Técnica
Título: “Coletânea de Escritos de Edward Bach”
Editor: Julian Barnard
ISBN: 978-0-9561455-3-6
Acabamento: Brochura
Dimensão: 15cm x 21cm
Páginas: 296
Preço: R$ 45,00
Data da publicação: 05/05/2013

As Abelhas estão sumindo no Brasil e no Mundo

As Abelhas estão sumindo no Brasil e no Mundo

Apicultores gaúchos e catarinenses relatam desaparecimento de abelhas em níveis inéditos. Alguns produtores registram perdas de 25% na produção de mel. Pesquisador diz que uma das causas do fenômeno pode ser a influência de lavouras transgênicas. As primeiras notícias sobre o fenômeno do desaparecimento das abelhas foram recebidas como uma espécie de enredo de um novo filme de ficção científica. Mas o problema tornou-se muito real. Nos Estados Unidos recebeu o nome de Colony Collapse Disorder (Desordem e Colapso da Colônia). Agora, o problema foi detectado também no Brasil, particularmente em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul.
Matéria publicada no jornal Diário Catarinense, de Florianópolis, afirma que o desaparecimento das abelhas já é motivo de grande preocupação entre apicultores dos dois Estados. E o desaparecimento vem acompanhado de outro problema: as abelhas que permanecem nas colméias estão morrendo infectadas por diversas doenças. Em depoimento ao jornal, o apicultor e pesquisador Leandro Simões, de Campo Alegre, diz que nunca viu algo parecido em 35 anos de profissão.
O fenômeno pode causar graves desequilíbrios ambientais, uma vez que as abelhas são responsáveis por mais de 90% da polinização e, de forma direta ou indireta, por 65% dos alimentos consumidos pelos seres humanos. Alguns produtores já registram perdas de 25% na produção de mel.
Segundo Jair Barbosa Júnior, do Instituto de Estudos Socioeconômicos, com sede em Brasília, uma das possíveis causas do fenômeno pode ser a influência de lavouras transgênicas. No Brasil, lembrou Barbosa, não há estudos aprofundados sobre o impacto dos transgênicos no ecossistema. Outra possível causa apontada pelo pesquisador é o aquecimento global. O sistema de orientação das abelhas funciona por meio dos olhos. As abelhas dependem da luz solar para encontrar o caminho de volta para as colméias. O aumento da incidência de raios ultravioletas poderia, assim, ser uma das causas do fenômeno. Essa possível causa não explica, porém, o que está atingindo o sistema imunológico dos animais.

Rio de Janeiro implanta o Programa de Terapia Floral através de Lei Municipal

Jornal Florais

Rio de Janeiro implanta o Programa de Terapia Floral através de Lei Municipal

O vereador Reimont entrevista o terapeuta floral Rogério Rebelo, da Rioflor – Associação dos Terapeutas Florais do Estado do Rio de Janeiro. Eles conversam sobre a aprovação a Lei 5.617/2013, de autoria do vereador Reimont, na Câmara Municipal do Rio de Janeiro, que trata da implantação no município do Programa de Terapia Floral como prática integrativa e complementar ao bem estar e à saúde.

 

A Lei Municipal nº 5.617 do Rio de Janeiro

CÂMARA MUNICIPAL DO RIO DE JANEIRO
O PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DO RIO DE JANEIRO nos termos do art. 79, § 7o, da Lei Orgânica do Município do Rio de Janeiro, de 5 de abril de 1990, não exercida a disposição do § 5odo artigo acima, promulga a Lei n° 5.617, de
16 agosto de 2013, oriunda do Projeto de Lei n° 1227, de 2011, de autoria do Senhor Vereador Reimont.
LEI N° 5.617, DE 16 DE AGOSTO DE 2013
Fica instituído o Programa de Terapia Floral, prática integrativa e complementar ao bem estar e à saúde no âmbito do Município do Rio de Janeiro.
Art. Iº- Fica instituído o Programa de Terapia Floral no Município do Rio de Janeiro.
Art. 2 ° Constituem objetivos de Programa de Terapia Floral:
I – a promoção da saúde e bem-estar, assim como a prevenção de doenças através de práticas que utilizam as essências florais;
II – a implantação da Terapia Floral junto às unidades de saúde, escolas municipais, centros de educação infantil e creches do Município;
III – o estímulo à utilização de técnicas de avaliação da Terapia Floral.
IV – a divulgação dos benefícios decorrentes da Terapia Floral.
Art 3º -O Programa de Terapia Floral deverá ser desenvolvido por profissionais devidamente habilitados e inscritos nos respectivos órgãos de classe municipal, estadual, ou federal e/ou nas Associações de Terapeutas Florais, nacionais e regionais que tem como objetivo a autorregulamentação da profissão.
Art. 4º – Para o disposto nesta Lei, o Poder Executivo poderá celebrar convênios com órgãos federais e estaduais, bem como com entidades representativas de Terapeutas Florais e de Associações de autorregulamentação das categorias profissionais existentes.
Art. 5º – Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.
Câmara Municipal do Rio de Janeiro, em 16 de agosto de 2013.
Vereador JORGE FELIPPE
Presidente

Data da publicação: 27/09/2013

Formação em Hipnose Clínica

Jornal Florais

Formação em Hipnose Clínica

A Hipnose é uma técnica consagrada em trabalhos psicodinâmicos de terapia e desenvolvimento pessoal e quando utilizada de forma adequada promove mudanças positivas na vida das pessoas.

Este curso oferece ao participante a oportunidade de conhecer, praticar e trabalhar com a hipnose clínica de uma forma segura e eficaz.

Carga Horária

100 horas/aula

60 horas/aula = 3 finais de semana

40 horas de prática clínica individual

Ministrante

Profº Mário Sérgio de Almeida, bacharel em administração de empresas com especialização em contabilidade, finanças e metodologia do ensino superior; Parapsicólogo Clínico e professor da disciplina de Hipnose do Instituto de Parapsicologia e Ciências Mentais de Joinville/SC e de Fundamentos e Técnicas de Hipnose do curso de Parapsicologia das Faculdades Integradas Espírita – FIES, Curitiba/PR.

flo

Descubra os Benefícios da Terapia Floral

Quem trabalha com a terapia floral descobre a beleza e a maravilha de ver seres humanos transformados, reencontrados e mais auto-conscientes. Terapeutas florais bem formados e experientes têm ciência da ação notável das essências florais em seres humanos, animais e até em plantas.

Os resultados efetivos da terapia floral têm sido comprovados não só pelos especialistas da área, como por uma ampla gama de profissionais, como médicos, dentistas, pedagogos, psicólogos, entre outros. Mesmo veterinários e criadores de animais têm utilizado, com muito sucesso, a terapia floral no tratamento de animais domésticos e selvagens.

A Organização Mundial da Saúde (OMS), que é uma importante agência da ONU, declarou em 1978, na Conferência Internacional sobre Cuidados Primários de Saúde, que “Cada remédio trata uma determinada pessoa e uma condição particular. O uso de todos estes remédios (as essências florais) está amplamente distribuído pelo mundo em uma pequena escala. Eles são excelentes para o auto cuidado, sendo totalmente sem efeitos colaterais e não oferecem perigo caso um remédio errado seja prescrito”.

Desde a descoberta das essências florais e a sistematização da terapia floral feita pelo Dr. Bach, na década de 1930, milhões de pessoas foram beneficiadas pelo seu uso. A terapia floral é hoje reconhecidamente uma forma terapêutica e uma ciência bem fundamentada e sistematizada, que proporciona reequilíbrio emocional, mental e comportamental para as pessoas, de forma simples, precisa e suave.

O Uso da Terapia Floral

A terapia floral é indicada para o tratamento de desequilíbrios emocionais, afetivos, psíquicos e comportamentais. Por isso, é utilizada no tratamento de medos, pânico, traumas, TOC, compulsões, carências emocionais, irritabilidade, depressão, insegurança, autoritarismo, apatia, desatenção, dificuldade de aprendizado, humor instável e outros.

Normalmente, os resultados mais efetivos são obtidos através da orientação de um terapeuta floral ou de outro profissional da área da saúde igualmente bem treinado em terapia floral. Porém, qualquer pessoa pode recorrer às essências florais para o seu uso pessoal, desde que tenha um conhecimento razoável sobre si mesma e sobre o uso das essências florais.

Além do consultório terapêutico, a terapia floral tem sido utilizada, com bons resultados, em escolas, asilos, abrigos, instituições que cuidam de animais, empresas, situações pré e pós cirúrgicas, atendimentos odontológicos e outras. Apesar disso, a terapia floral não é uma panaceia. Existem muitas circunstâncias onde a combinação de outras formas terapêuticas é fundamental para auxiliar o doente.

Top